Conta de jornalista é invadida e tem seus dados apagados

Mat Honan, da Wired, teve dados apagados após crackers conseguirem senha temporária em contato com a Apple. Contas do Twitter e Gmail também foram invadidas

A Apple admitiu que suas “políticas internas não foram completamente seguidas” em um caso que permitiu a crackers acessarem a conta no iCloud do jornalista Mat Honan, da Wired.

A porta-voz da Apple, Natalie Kerris, disse à Macworld: “A Apple leva a privacidade dos consumidores muito a sério e exige múltiplas formas de verificação antes de reiniciar a senha de uma Apple ID. Nesse caso em especial, os dados do consumidor foram comprometidos por uma pessoa que havia adquirido informações pessoais sobre o usuário. Além disso, descobrimos que nossas políticas internas não foram seguidas completamente. Estamos revisando todos os nossos processos para reiniciar as senhas de contas para assegurar que os dados dos nossos consumidores sejam protegidos.”

De acordo com a conta de Honan, os hackers entraram em contato com a Apple, deram o nome e endereço dele, além dos quatro últimos dígitos do seu cartão de crédito (que eles pegaram com a Amazon). O suporte técnico da Apple reiniciou a conta do jornalista no iCloud e enviou uma senha temporária.

Uma vez que os crackers tiveram acesso à conta de Honan no iCloud, puderam usar os aplicativos Encontre meu iPhone e Encontre meu Mac para apagar remotamente os conteúdos do iPhone, iPad e MacBook Air do jornalista. Com acesso às senhas dele no Google e Twitter, eles puderam apagar a conta no Gmail e usar, não apenas o Twitter dele, mas também a conta do Gizmodo no Tweet.

A Apple não confirmou se vai fazer alterações de segurança no iCloud, por isso o melhor conselho é assegurar que você tenha senhas fortes e únicas para suas diferentes contas e não utilizar o webmail para recuperar senhas.

Coincidentemente, a história sobre o acesso indevido ao iCloud acontece na mesma semana em que cofundador da Apple, Steve Wozniak, fez uma apresentação de seus temores sobre a nuvem. Ele revelou que pensa que a nuvem será “horrível”. “Com a nuvem, você não tem nada. Quanto mais nós transferimos para a web, para a nuvem, menos teremos controle sobre isso”, disse.

Fonte: IDG Now!

2 Responses to Conta de jornalista é invadida e tem seus dados apagados

  1. É tenho o macbook pro e uso o mesmo com claro conta da apple o que me deixa meio cabreiro é ter que existir em sua conta já o número do cartão de crédito pré-digitada, acho que isso deveria ser colocado sempre que vc fosse comprar algo e não ter que ficar lá já com todos os dígitos, mais um risco. Apesar que nessa nova versão do Mountain Lion ele criptografa todos os seus dados de senhas e pode bloquear a mesma com uma senha padrão sua.
    A facilidade de já ter seu cartão em todas as contas apple é um ponto de ser rápido pra comprar os apps porém um risco maior pra hackers tentarem invadir o mac e descobrirem as senhas de cartões… Ponto fortíssimo negativo.
    Eu particularmente preferiria digitar todas as vezes o que iria comprar mas o sistema funcina assim já tá lá sua senha de cartão ou não use a apple.

    • Victor Hugo disse:

      Augusto,
      Suas observações são muito pertinentes.
      Também acho um tanto inseguro o usuário digitar apenas uma vez os dados do seu cartão de crédito para se tornar usuário da Apple Store. Mesmo estes dados permanencendo no computador de forma criptografada, haverá sempre um risco de que possam vir a ser descobertos por um cracker no futuro.

      Obrigado pelo seu comentário e participação!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 516 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: