Facebook promete excluir ameaças

Rede social está aumentando seus esforços para eliminar os “Curtir” falsos, que estão se tornando verdadeira praga na plataforma

O Facebook anunciou que vai limpar páginas cujos “likes” fraudulentos foram injetados por scammers (golpistas) para dar falsa sensação de popularidade em alguns perfis. Usuários do Facebook podem “curtir” páginas, um voto de aprovação que pode ajudar a expor a marca de uma empresa para amigos de um usuário e criar uma dinâmica em torno de campanhas publicitárias.

Apesar de a rede social ser fechada e exigir que os usuários registrem-se utilizando sua identidade real, o site ainda sai perdendo: usuários podem ser enganados e persuadidos a curtir algo, softwares maliciosos podem ser usados para infiltrar contas e crackers ganham dinheiro vendendo “likes” a granel.

O anúncio surge por conta da intensa pressão sob o Facebook para provar ser uma plataforma de publicidade digital poderosa e rentável. A rede social disse que sempre teve sistemas para eliminar a fraude, mas que agora “aumentamos nossos esforços automatizados.”

“Um Curtir que vem de alguém que não está realmente interessado em se conectar com uma página não traz benefícios a ninguém”, disse a empresa. “Identidade real, tanto para usuários quanto para marcas, é importante. Não apenas para a missão do site de ajudar o mundo a compartilhar conteúdo, mas também para a necessidade de pessoas e clientes de conectarem-se autenticamente a páginas que eles tem algum interesse.”

O Facebook procurou tranquilizar os utilizadores, dizendo que menos de 1% dos “curtir” será removido, em média, de uma página.

A empresa já enfrentou perguntas sobre a legitimidade de cliques nos anúncios que vende. Em julho, uma companhia chamada Run Limited, que possui uma plataforma utilizada para a venda de música digital e de mercadorias, disse acreditar que apenas cerca de 20% dos cliques que eles pagaram vieram de usuários verdadeiros.

No entanto, a empresa se recusou a conceder uma entrevista depois de sua acusação. Chegou até a excluir sua FanPage, mas mantém presença no Tumblr e Twitter.

Um ex-funcionário do Google, Shuman Ghosemajumder, responsável por liderar os esforços para combater a fraude do clique, disse em uma entrevista recente que o Facebook teria uma visão muito mais ampla em se tratando de cliques fraudulentos ​.

Por exemplo, o site pode verificar há quanto tempo a conta do usuário foi aberta e monitorar atividades de comportamento suspeito como ele estar “curtindo” centenas de páginas, onde os cliques originam e se o usuário tem um perfil irregular – tal como não ter amigos.

As pessoas podem pensar que isso é feito em benefício de empresas como Google e Facebook (permitir um pouco da fraude em likes), mas a verdadeira economia é de que “se você fornecer melhor ROI [retorno sobre investimento], todos os anunciantes têm um incentivo para fazer anúncios com você”, disse Ghosemajumder, que agora está trabalhando na Shape Security, startup especializada em segurança para sites de redes sociais.

Agradeço ao Davi, amigo e colaborador do Seu micro seguro, pela referência a esta notícia.

Fonte: IDG Now!

4 Responses to Facebook promete excluir ameaças

  1. Simonne disse:

    Mas em relação a ameaças feitas atraves de usuarios fantasmas, inexistentes,a empresa tem a opção de denunciar e bloquear, porem acaba não excluindo tal perfil, com isso o aumento e a probabilidade de ocorrer mais incidentes ou crimes como está ocorrendo no Brasil e no mundo.pois tais pessoas estão cientes do que esta postando nos perfis de outras pessoas e realizando tais ameaças. como ideia poderiam criar algo seguro, para que possam ficar de olho em tais usuarios…
    ai Fica a dica.

    • Victor Hugo disse:

      Simonne,
      Muito obrigado pelo seu comentário e considerações relacionadas a esta notícia em destaque aqui no Seu micro seguro!

  2. Alexandre disse:

    se o Mark Zunckerberg (acho que se escreve assim) fizer isso vai ajudar bastante os usuários do facebook, fora que o facebook vai ganhar mais e mais usuários por causa disso.
    porque hoje o facebook está bem parecido com o orkut e se continuar assim podemos contar os dias para o fim do facebook.

    • Victor Hugo disse:

      Alexandre,
      Muito obrigado pelo seu comentário relacionado a esta notícia que foi destaque aqui no Seu micro seguro.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 498 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: