Novo recurso do Facebook para presentear amigos é risco para privacidade

A novidade pode parecer uma tremenda mão na roda, mas especialistas em segurança alertam quanto aos riscos que envolvem entrega de dados

O Facebook anunciou uma nova ferramenta, que permite que o usuário presenteie amigos pela própria rede social. O Facebook Gifts funciona como uma loja virtual, onde o usuário pode escolher o presente que mais agradar e mandar entregar na casa do amigo escolhido.

E não precisa ser necessariamente em aniversários. Quando estiver habilitado, um novo botão “Gift” poderá ser localizado na própria caixa de textos da timeline. Em vez de enviar um simples “Parabéns” ou felicitá-lo por algum outro motivo, o usuário poderá clicar no botão e escolher o presente.

Escolha um presente, anexe um cartão e envie. Assim que selecionar o presente, seu amigo receberá uma notificação que diz que você o presenteou. Você pode postar o seu presente na linha do tempo do seu amigo ou enviá-lo de modo privado. Assim que receber o aviso, ele pode “desembrulhar” uma prévia da lembrança que aparecerá na porta dele alguns dias depois.

Segundo o site, quem fornecerá o endereço para a entrega é o colega que receber o presente. Além disso, o presenteado pode ainda modificar as informações do seu pedido. “Para se certificar de que eles amarão o presente, eles podem escolher o tamanho, cor ou sabor que quiserem, ou até mesmo trocá-lo por outra coisa de igual valor”.

Dentre as opções estão ursinhos, cupcakes, chocolates e até meias! A ferramenta foi liberada primeiramente para usuários dos Estados Unidos e gradualmente estará disponível para os outros países.

Perigos da nova ferramenta
Mesmo parecendo uma boa ideia não ter mais que se preocupar em passar no shopping para comprar presentes, especialistas alertam que essa ferramenta pode ser uma faca de dois gumes. Se, por um lado, facilita a vida dos usuários, por outro é mais um recurso que pode encorajar pessoas a expor muitas outras informações pessoais sigilosas – como endereços residenciais, tamanho de roupas e calçados, que podem pôr a segurança e privacidade em risco.

“A quantidade de dados privados compartilhados nas redes sociais já excede todas as precauções de segurança”, disse Bogdan Botezatu, analista sênior de ameaças virtuais da Bitdefender. “Dar ao usuário a possibilidade de adicionar um número de endereços de cobrança e entrega (incluindo endereços do trabalho ou escola), torna ainda mais fácil para os criminosos da vida real reunir informações sobre uma vítima em potencial. Os novos dados que podem ser compartilhados é uma questão particularmente perigosa caso a conta seja comprometida.”

Endereços residenciais combinados com outras informações partilhadas pelos usuários no Facebook, como datas de férias, imagens de casas e notícias sobre recentes compras de alto valor, poderia tornar muito mais fácil para os assaltantes selecionar possíveis vítimas e arquitetar invasões, disse.

Outro risco é o fato de que, tendo informações sobre a compra, crackers podem muito bem utilizá-las para forjar um e-mail – fingindo ser uma mensagem da rede confirmando a compra, por exemplo -, a fim de confundir a vítima levando-as a sites maliciosos ou mesmo solicitando confirmação de dados privados, como número de cartão de crédito.

Além disso, por conta da ferramenta, mais pessoas poderão deixar pública sua data de aniversário. “Aniversários são muitas vezes utilizados para verificar a identidade de um cliente, por isso é uma informação muito valiosa para ladrões de identidade”, disse Levin. “Sempre que você fornecer informações para completar o mosaico de sua vida, você está se colocando em perigo.”

Preferências pessoais de presentes podem revelar que tipo de produtos os usuários gostam ou tamanhos de roupa e calçados. Não está claro se o Facebook coleta essas informações ou se as utiliza fora do serviço de Gifts. A empresa não retornou imediatamente um pedido de comentário.

“Precisamos nos perguntar: como é que os nossos dados se voltam contra nós, no caso de termos a conta violada ou de informações caírem em mãos erradas?”, disse Botezatu. “Estamos prontos para viver em um ecossistema onde as redes sociais sabem nossos nomes, nossa história, nossos relacionamentos, número de telefone, endereço de email, tamanho do sapato e, a cima de tudo, onde vivemos com uma precisão cirúrgica?”

Agradeço ao Davi e ao Lucas, amigos e colaboradores do Seu micro seguro, pela referência a esta notícia.

Fonte: IDG Now!

Os comentários estão desativados.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 499 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: