Adwares para smartphones são mais perigosos

Adwares

Em desktops, browsers não têm acesso aos aplicativos instalados. Já em dispositivos móveis, que são completamente integrados, o app pode ir para contatos, e-mail e ver outras aplicações instaladas

Adware em dispositivos móveis significa mais do que apenas mostrar banners, de acordo com o analista sênior de ameaça online da Bitdefender, Bogdan Botezatu.

As pessoas podem ter a imagem de “adware” como banners ou pop-ups que são exibidos na tela durante o uso do software, mas Botezatu afirma que adwares para PCs são diferentes dos para dispositivos móveis.

“Os aplicativos para desktop são isolados e navegadores web não sabem quais os contatos que você tem em seu cliente de e-mail”, disse ele. “No entanto, o Android é altamente integrado, então quando você abre um adware ele está basicamente pedindo permissão para fazer qualquer coisa no seu dispositivo.”

Em desktops, o especialista afirma que browsers não podem ter acesso aos aplicativos instalados. “É basicamente um ‘modo seguro’ e ele não pode ver além do navegador”, disse ele.

Enquanto um navegador pode “olhar” os sites que um usuário visitou e armazená-los em cookies, ele não terá acesso ao cliente de email como o Outlook e nem conferir o conteúdo de lá. “No celular, se um aplicativo tem a permissão certa, ele pode ir para os contatos, contas de email, e ver outras aplicações instaladas”, disse Botezatu.

Quanto ao porquê desta falha existir, Botezatu disse que é uma questão de educação. “Há uma má comercialização quando se trata de adware”, disse ele.

Risco em roteadores
Outro ponto que preocupa Botezatu são dispositivos incorporados inseguros. “Dois rapazes, que quiseram permanecer anônimos, recentemente realizaram um teste onde sondaram toda a Internet”, disse. “É o último teste que eles poderiam fazer, porque provavelmente no próximo ano vamos ter o IPv6 e as coisas vão mudar.”

O que os crackers fizeram foi criar um pedaço de software que sonda IPs, procura por respostas, e se esses dispositivos responderem, os hackers tentam se conectar com credenciais falsas. “Eles provavelmente também tinham nomes de usuário e senhas simples”, disse.

Para Botezatu, isso significa que as pessoas não prestam atenção suficiente para manter suas redes seguras. “Isso é preocupante, porque é um mercado que não está atualmente ocupado por qualquer produto antivírus”, disse. “Afinal de contas, você não pode obter segurança antivírus para roteadores”.

No processo, Botezatu disse que eles conseguiram comprometer milhões de roteadores, equipamentos de segurança, SmartTVs e outros dispositivos. “Isso é preocupante, porque não há nada que os usuários finais possam fazer para se defender”, disse.

A Bitdefender realizou seus próprios testes para confirmar essas descobertas, onde Botezatu verificou o alcance do IP de seu provedor de serviços e descobriu que 46% dos dispositivos estavam disponíveis a partir da Internet.

Agradeço ao Davi e ao Lucas, amigos e colaboradores do Seu micro seguro, pela referência a esta notícia.

Fonte: IDG Now!

2 Responses to Adwares para smartphones são mais perigosos

  1. José Pinheiro says:

    Caaros amigos Victor Hugo e colaboradores,

    É por isso que eu uso vários sistemas de segurança integrados, que se complementam (antivírus, anti-malwares e firewall, etc), além de usar de razoabilidade na visita a sites dito confiáveis. Por exemplo, uso softwares de segurança da Ashampoo, Comodo, Bitdefender e o WOT, além de fazer downloads em sites considerados seguros (uso a lista da COMODO e informações do WOT), bem como informações do “Seu Micro Seguro”.

    Grato.

    • Victor Hugo says:

      José Pinheiro,
      Muito obrigado pelo seu comentário e considerações e também no tocante ao elogio que você faz ao Seu micro seguro.
      Que bom saber que podemos contar com o seu apoio e confiança neste blog.

      Abraço!

%d blogueiros gostam disto: