Diretor do Facebook pede o fim do Adobe Flash

adobe_flash_killSoftware da Adobe teve duas vulnerabilidades de segurança reveladas recentemente após vazamento de dados do Hacking Team.

O diretor de segurança do Facebook, Alex Stamos, é mais um a pedir o fim do Flash, da Adobe. Por meio de seu perfil no Twitter, Stamos disparou contra o software da Adobe, que teve duas vulnerabilidades até então inéditas publicadas recentemente após o vazamento de dados da empresa The Hacking Team: “It is time for Adobe to announce the end-of-life date for Flash and to ask the browsers to set killbits on the same day.”

Em alguns tuítes no final de semana, o executivo do Facebook disse que a Adobe precisa escolher uma data para encerrar o suporte ao Flash e que os desenvolvedores de navegadores devem seguir a iniciativa no mesmo dia.

Desde que Steve Jobs se mostrou totalmente contra o Flash, que não é suportado no iPad desde o seu lançamento em 2010, outros sites como o YouTube seguiram o mesmo caminho e abandonaram a tecnologia da Adobe em troca do HTML5 ou outras soluções.

Vale notar que o Facebook ainda exige o Flash para rodar vídeos em alguns navegadores, mas Stamos indicou que isso deve mudar em breve.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: IDG Now!

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: