Kaspersky é acusada de falsificar malware para prejudicar concorrentes

An employee works near screens in the virus lab at the headquarters of Russian cyber security company Kaspersky Labs in Moscow July 29, 2013. RUSSIA-CYBERCRIME/ REUTERS/Sergei Karpukhin/FilesA empresa de antivírus Kaspersky foi acusada nesta sexta-feira de criar e espalhar ameaças falsas durante 10 anos para prejudicar os concorrentes. O alerta foi dado por dois ex-funcionários da companhia russa e reportado pela agência de notícias Reuters.

Segundo os relatos, a Kaspersky injetava pedaços de códigos em softwares para enganar as plataformas rivais, de forma que elas interpretassem arquivos inofensivos como maliciosos. Ao serem confundidos com malwares pelos outros antivírus, os arquivos eram considerados ameaças verdadeiras. Microsoft, AVG e Avast seriam os principais alvos do esquema.

Alguns dos ataques, acusam os ex-funcionários, foram ordenados por Eugene Kaspersky, fundador da empresa. De acordo com eles, esta teria sido uma retaliação de Eugene contra softwares menores que supostamente copiavam o antivírus criado por ele.

À Reuters, a Kaspersky negou a existência de uma “campanha secreta para prejudicar os concorrentes” e classificou ações como esta de “antiéticas e desonestas”. Representantes das empresas que teriam sido atingidas pela fraude se negaram a comentar a denúncia.

Uma das principais empresas de antivírus do mundo, a Kaspersky atende cerca de 400 milhões de usuários e 270 mil empresas.

A resposta de Eugene Kaspersky à denúncia publicada pela agência Reuters pode ser lida aqui.

Agradecemos ao Henrique-RJ, Igor e Rafael Santos, colaboradores amigos do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fontes: Olhar Digital e Reuters

One Response to Kaspersky é acusada de falsificar malware para prejudicar concorrentes

  1. Augusto says:

    Acho os notebooks da Lenovo e desktop muito bem feitos mas com essa ai a Lenovo acaba se queimando feito. Com relação ao post eu mesmo já peguei notebook novinho da Lenovo recem aberto a caixa para instalar programas nele e ao instalar o 360 Total Security não é que detectou na época o tal do Peixe… Superfish…. Lenovo máquina é boa mas colocando malware na bios ai tá foda pois tirar malware da Bios é muito difícil pois ele volta. Tive na época que executar um aplicativo que eu tenho que apaga a Bios ou seja reseta ela pois o problema continuava e só depois de executar esse aplicativo que eu fiz a muito tempo atrás quando fazia um curso de Clipper e meu professor me ensinou a criar um aplicativo que resetava a BIOS.

    Agora quanto a Kaspersky eu já não tava usando devido ao teste que fiz na máquina do Couto em tentar instalar e dar N problemas no Antivirus agora que com a noticia não instalo mesmo. Se queimou e feio a Kaspersky. Nunca mais será a mesma no quesito confiança.

%d blogueiros gostam disto: