Golpe no WhatsApp: mensagem e prêmio falsos do McDonald’s

whatsappmcdonaldsDe acordo com a ESET, cibercriminosos convidam a vítima a participar de uma suposta pesquisa, que daria como prêmio um cupom de desconto no valor de R$500.

Um novo golpe pelo WhatsApp vem chamando a atenção por usar uma mensagem falsa do McDonald’s para enganar usuários e roubar suas informações, afirma a empresa de segurança ESET.

De acordo com os pesquisadores da ESET, os cibercriminosos enviam uma mensagem falsa pelo WhatsApp em que convidam a vítima a participar de uma suposta pesquisa, que daria como prêmio um cupom de desconto no valor de 500 reais.

No entanto, ao clicar no link da mensagem o usuário é direcionado a um site malicioso em que é pedido para responder quatro perguntas e depois fornecer seu endereço de e-mail. Além disso tudo, seria preciso compartilhar o conteúdo com 10 contatos do WhatsApp para ter direito ao suposto desconto de 500 reais.

A empresa de segurança destaca que o golpe se diferencia por usar uma ferramenta de geolocalização. Desta forma, eles usam o endereço de IP do celular para identificar a localização do usuário, que é enganado a acreditar que realmente vai ganhar o desconto em questão em uma unidade do McDonald’s próxima de onde está no momento.

A ESET também publicou algumas dicas para que os usuários evitem cair em golpes desse tipo pelo WhatsApp, que estão cada vez mais comuns. Veja abaixo:

  • Não forneça informações pessoais se a fonte não é confiável
  • Não instale aplicativos não oficiais
  • Não compartilhe contatos e mensagens que pareçam suspeitas
  • Use uma solução de segurança que bloqueie malware e sites fraudulentos
  • Bloqueie fotos da galeria para que não apareçam no WhatsApp
  • Oculte a notificação “última visualização”
  • Restrinja o acesso à imagem de perfil
  • Caso perca o smartphone, não esqueça de desabilitar o WhatsApp
  • Tenha cuidado com a informação que é transmitida por meio da plataforma

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: IDG Now!

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: