Twitter é usado por cibercriminosos para o controle de botnets

twitter_hackersO Twitter tornou a vida mais fácil para os cibercriminosos que utilizam a rede social para executar botnets, segundo informa um relatório do Register. O pesquisador Paul Amar descobriu que utilizando a função de mensagem direta do Twitter é possível controlar uma botnet. Isso ficou ainda mais fácil quando a rede de microblogs decidiu não limitar as mensagens diretas em apenas 140 caracteres em agosto.

Uma Botnet é, na verdade, um grupo de computadores ou softwares conectados à internet que se comunicam com outros programas ou máquinas similares para que possam executar tarefas. Ele pode ser controlado apenas por um indivíduo, geralmente sem conhecimento dos proprietários das outras máquinas. Sendo assim, o hacker pode utilizar computadores de terceiros para um ataque cibernético.

Segundo Paul, comandar e controlar uma botnet via DM parece muito semelhante a uma conversa entre dois seres humanos. Isso faz com que o Twitter tenha dificuldades para identificar a ameaça. Ao fazerem isso, os cibercriminosos podem utilizar as botnets para enviar mensagens de spam, atacar computadores e servidores, disseminar vírus e cometer outros crimes e fraudes. Caso sua máquina se torne parte de uma botnet, ela poderá ter o desempenho comprometido e talvez você esteja ajudando cibercriminosos sem que saiba disso.

O Twitter sempre esteve atento a atividades incomuns em contas. Algumas medidas, como não tuitar exatamente a mesma coisa duas vezes e limitar 100 mensagens diretas por dia, sempre foram utilizadas pela rede social para inibir spam ou práticas suspeitas. Recentemente, o Twitter foi bem-sucedido em uma ação contra usuários que utilizavam mensagens diretas para propagar spam.

Agradecemos ao Davi e ao Paulo Sollo, colaboradores amigos do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Canaltech

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: