Cibercriminosos usam sites de torrents para espalhar malware

torrents

Centenas de sites de torrents estão sendo usados pelos cibercriminosos para espalhar malware. Por mês, há 12 milhões de novos usuários afetados por este problema, sendo que o número diz leva em conta apenas o mercado norte-americano.

Um novo relatório da Digital Citizens Alliance e da RiskIQ informa que cerca de um terço dos 800 principais sites de torrents em serviço atualmente infectam os visitantes com malware. No total, 12 milhões de pessoas são afetadas por este problema todos os meses. E, atenção, este número é apenas referente à realidade norte-americana e foram apenas analisados os meses de Junho a Agosto deste ano de 2015.

Apesar de estarem frequentemente associados a atos de pirataria, já que permitem o download de conteúdos sem respeitar os direitos de propriedade intelectual (filmes, músicas, jogos e séries, por exemplo), os sites de torrents também são utilizados para fins legítimos, pois a tecnologia peer-to-peer (P2P) permite o compartilhamento direto de arquivos de grandes dimensões entre seus usuários bem como encontrar conteúdos de licenciamento gratuito.

Os cibercriminosos estão tirando proveito destes sites para distribuir malware aos visitantes mais descuidados com o objetivo de roubar dados que são posteriormente vendidos no mercado negro, revela o ZDNet. Segundo o estudo, os criminosos já conseguiram ganhar mais de 63 milhões de euros, sendo que, além do malware, também foram encontrados trojans, adware, ransomware e botnets.

O relatório refere que não são apenas os sites que têm anúncios com malware, já que também foram encontrados conteúdos comprometidos. Por exemplo, uma cópia pirata do jogo Fallout 4 colocou malware no PC de um usuário que depois permitiu aos cibercriminosos o roubo de cerca de 1800 euros em bitcoins.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Exame Informática

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: