Saiba o que é o DHCP

dhcpNa maioria das vezes em que você conecta um equipamento a uma rede (local ou remota), um dos motivos de tudo ser tão fácil e rápido é o protocolo DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol). Talvez você nunca nem tenha ouvido falar dele, mas ele está em quase todas as rede atualmente. Para entendê-lo melhor, conheça um pouco mais sobre esse importante recurso de rede do seu computador.

Dynamic Host Configuration Protocol (Protocolo de configuração dinâmica de host, ou simplesmente DHCP), é o nome de um protocolo TCP/IP que oferece serviços de configuração dinâmica em redes.

Sem que o usuário perceba, ao se conectar em uma rede esse serviço fornece automaticamente endereço IP, máscara de sub-rede, Gateway Padrão, endereço IP de um ou mais servidores DNS/WINS e sufixos de pesquisa do DNS, para que o dispositivo do usuário possa utilizar a rede e obter acesso aos recursos disponibilizados nela e acesso à Internet, se houver.
O DHCP surgiu como padrão em outubro de 1993, tornando-se o sucessor do BOOTP, um protocolo que embora fosse mais simples, tornou-se limitado diante das atuais exigências para redes e conexões.

Resumidamente, o DHCP trabalha da seguinte forma: Um dispositivo com suporte ao protocolo envia uma requisição DHCP e os servidores DHCP que capturarem este pacote irão responder (se o cliente se enquadrar em alguns critérios) com um pacote com informações como um endereço IP, máscara de rede e outros dados opcionais, como servidores de DNS, o gateway padrão …
O DHCP é um protocolo muito importante para o funcionamento da maioria das redes atuais e é uma ferramenta essencial para os administradores de rede, por permitir configurar grandes quantidades de dispositivos em rede, sem qualquer configuração manual.

O protocolo tem configuração abrangente e pode trabalhar de três modos: automática, dinâmica e manual.
– O modo automático é o mais simples e possibilita administrar um grande parque de máquinas na rede sem muitas complicações;
– Já o modo dinâmico é idêntico ao automático, exceto pelo fato dele determinar o tempo que dispositivo terá acesso a rede de acordo com as necessidades do administrador;
– Por fim, o modo manual permite alocar um endereço IP atrelado ao MAC (Medium Access Control) de cada placa de rede, forçando cada computador a utilizar apenas o endereço IP configurado. Este recurso é bastante útil quando uma máquina possua um endereço IP fixo ou o administrador precisa ter um controle maior sobre determinados endereço e máquinas da rede.
Mas, o trabalho do DHCP não se resume apenas em entregar informações aos novos hosts da rede. Com um recurso poderoso como o DHCP, dependendo de como o administrador configura ele, é possível até mesmo restringir o acesso a rede e a Internet para determinadas máquinas.

Agradeço ao Davi, amigo e colaborador do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Techtudo

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: