Redes sociais: cuidado e prudência são fundamentais

redes_sociaisPara quê as mídias sociais normalmente são usadas? Na maior parte do tempo, para manter contato com amigos, assistir vídeos engraçados ou ficar por dentro das últimas notícias.

Pode parecer que o Facebook e outras redes são seguras, um mundo virtual aconchegante onde podemos ver e ser vistos. Talvez a melhor coisa sobre elas é que podemos acessá-las de literalmente qualquer lugar, até de debaixo dos nossos cobertores quentinhos.

As pessoas se acostumaram a compartilhar grande parte de suas vidas. A maioria publica coisas que variam de dicas de viagem a presentes caros no Facebook ou Instagram. Para alguns, compartilhar selfies e check-ins de todos os lugares que vão já se tornou algo essencial, pois permite o crescimento de sua base de seguidores, gerando um efeito “uau!”. Fora os usuários normais que seguem outras pessoas, as redes sociais são terreno fértil para espiões, ex-namorados loucos ciumentos e cibercriminosos.

Enquanto, aprendemos bem cedo que não devemos falar com estranhos, muitas pessoas esquecem disso quando se trata do Facebook, Instagram e outras mídias sociais. De acordo com pesquisas recentes da Kaspersky Lab, 28% usuários de mídias sociais negligenciam as configurações de privacidade e deixam TODAS as suas fotos públicas.

Muitos também não têm muito cuidado com os “amigos” virtuais. Um em cada dez entrevistados aceitam todas as solicitações de amizade que recebem – até de total desconhecidos. Um terço dos participantes aceitam solicitações caso o solicitante possua alguns amigos em comum. Mas, ei, quem disse que seus amigos realmente conhecem essas pessoas? Eles podem simplesmente tê-lo adicionado porque receberam a solicitação.

Os “estranhos amigáveis” podem facilmente se tornarem vendedores, promovendo produtos desnecessários de uma loja online a qual são afiliados, como métodos incríveis de treinamento físico e perda de peso, ou bots de algum vídeo chat ilícito. Na melhor das hipóteses, eles mandarão spam, mas na pior, podem se revelar verdadeiros cibercriminosos.

Acreditamos que isso seja razão suficiente para não confiar nesse falso sentimento de segurança, que só aumenta quando estamos dentro de casa, protegidos por diversas paredes explorando a Internet. O mundo virtual é longe de casa e seus dados são mantidos em terras internacionais. Se os dados não são protegidos, qualquer um pode vir e pegá-los. O que frequentemente acontece.

E é por isso que você deve ser extremamente cuidadoso sobre quais dados pessoais publica online ou compartilha com desenvolvedores de software, lojas online e organizações de terceiros.

Se você ainda possui mídias sociais desprotegidas, é melhor você resolver isso agora mesmo. Para fazer isso:
• Defina suas configurações de privacidade corretamente. Clique nos links para aprender como ajustar o Facebook, Instagram e Google+;
• Rejeite todas as solicitações de amizade de estranhos.
• Instale uma solução de segurança que o proteja de phishing, baixar malware e o pare antes que você compartilhe seus dados pessoais desnecessariamente com algum serviço da web. Por exemplo, o Kaspersky Internet Security pode fazer tudo isso tranquilamente.

E lembre-se: links enviados por estranhos podem redirecionar sua navegação para sites maliciosos, não clique neles.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa matéria.

Fonte: Kaspersky blog

One Response to Redes sociais: cuidado e prudência são fundamentais

  1. Walter says:

    ASTO E MUITO IMPORTANTE SEMPRE AVISAR OU ALERTAR AS PESSOAS OBRIGADO

%d blogueiros gostam disto: