Snapchat se transforma em vítima de ataque phishing

snapchatDiscutimos muito sobre as novas estratégias de ataques e os perigos do phishing. Talvez por falarmos tanto, as pessoas parecem não se preocupar com esse tipo de ameaça. Afinal, quem cairia em um truque tão velho como esse?

Quando começamos a ficar despreocupados, com uma sensação de segurança mínima, uma nova história de campanha de phishing atacando uma empresa aparece. A vítima da vez foi ninguém mais, ninguém menos que o Snapchat.

Um funcionário recebeu um e-mail solicitando informações das folhas de pagamento, supostamente enviado pelo CEO da empresa, Evan Spiegel. O colaborador respondeu prontamente e enviou os dados. O que seria apenas um ato de proatividade, infelizmente, tornou-se em um problema porque o e-mail não era do CEO da empresa, mas sim de um criminoso. Esse ataque acabou atingindo funcionários e ex-funcionários.

O Snapchat alega que nenhum sistema interno foi comprometido e que nenhuma informação dos usuários vazou. Além de ter denunciado o ocorrido ao FBI, a empresa prometeu fornecer dois anos de seguro contra roubo de identidade para as pessoas afetadas.

Embora a situação seja um verdadeiro transtorno, ela serve de alerta. Contudo, a única razão para o incidente ter virado notícia é que a bola da vez foi o Snapchat, uma plataforma social muito popular. Amanhã, a próxima vítima poderá ser uma empresa quase desconhecida e ninguém saberá do ocorrido.

Como se proteger:

1. Confira sempre se o remetente realmente é quem você imagina. Caso não tenha certeza, não clique em links ou envie as informações solicitadas. É aí que mora o perigo.
2. Instale uma solução de segurança de sua confiança. A maioria desses softwares já contam com fitros de Internet para maior proteção contra sites maliciosos.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Kaspersky blog

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: