Biometria nova para segurança dos smartphones

orelhas_identAtualmente, há diversas maneiras de garantir a segurança de um smartphone. Entre as opções mais usadas pelos aparelhos top de linha, estão leitores de impressões digitais e scanners de íris, tecnologias relativamente seguras, mas que ainda têm brechas de segurança que podem ser exploradas.

Ciente da demanda por métodos mais protegidos, a NEC desenvolveu uma nova tecnologia que usa orelhas como forma de desbloquear um dispositivo. A solução criada pela empresa se aproveita do fato de que humanos têm orelhas com formatos únicos, o que impede que outra pessoa consiga acesso a seu aparelho.

Segundo a companhia, essa característica faz com que a maneira como o som ressoe por nossos canais auditivos seja única para cada pessoa. Ciente disso, ela desenvolveu uma espécie de fone de ouvido com microfones integrados que detectam a forma como a transmissão de frequências sonoras ocorre — o processo de verificação leva menos de 1 segundo e tem 99% de precisão.

A NEC acredita que a nova tecnologia vai estar disponível para uso comercial em algum momento de 2018. A companhia crê que a solução pode ser aplicada em situações relacionadas a ligações confidenciais e até mesmo como um substituto para leitores de impressões digitais.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Tecmundo

2 Responses to Biometria nova para segurança dos smartphones

  1. José Pinheiro says:

    Casro amigo Victor,

    O grande problema desta tecnologia pode ser o fato de que doenças infecciosas podem alterar o modo como o som ressoe nos nossos canais auditivos. Deste modo, o dispositivo poderia identificar a orelha do usuário como não sendo dele.

    Até breve

    • Victor Hugo says:

      José Pinheiro,
      Ótima a sua observação, o que certamente irá exigir redobrados esforços dos especialistas para resolução de questões como essa que você colocou.

      Muito obrigado pelo seu comentário e participação!

%d blogueiros gostam disto: