Como armazenar dados de forma segura

armazenamentos-de-dados“As pessoas armazenam cada vez mais informações e dados relevantes em computadores e dispositivos móveis, como smartphones e tablets. No entanto, a maioria das pessoas ainda não tem o cuidado de realizar o backup adequado”, afirma Camillo Di Jorge, Presidente da ESET Brasil.

Antes de saber como armazenar as informações, o usuário precisa saber as formas como pode perde-las. Segundo especialistas da ESET, além de uma possível pane no dispositivo eletrônico, roubos e ataques de hackers também entram na lista.

Dados indicam que 113 dispositivos móveis são roubados a cada minuto, expondo dados sensíveis, informações e fotografias do usuário. Também são cada vez mais comuns casos em que malwares sequestram computadores e smartphones em troca do pagamento de resgate.

Veja os meios de armazenamento para o backup de dados e os cuidados necessários para cada um:

Disco rígido: ele é responsável pelo armazenamento de tudo que está no computador, não só arquivos, fotos e músicas, mas também programas e sistema operacional. Se acontecer alguma coisa com o aparelho e o disco rígido for danificado, o usuário perde tudo. Por isso, é importante ter um disco rígido externo para criar um sistema de backup.

Dispositivo de armazenamento USB: o mais famoso de todos talvez seja o Pendrive. Por ser pequeno, ele é fácil de transportar e fácil de perder, sem falar que está mais suscetível a infecção de vírus e malwares. Como a transferência de dados, neste caso é automática, ao conectar o dispositivo no computador, ambos trocam informações para poder abrir os arquivos e é possível copiar esses dados sem que a pessoa saiba. Por isso, evite o armazenamento de dados sensíveis.

Mídia ótica: os CDs, DVDs e Blu-ray correm menos risco de serem infectados, mas por outro lado, danos físicos, como arranhões, que podem corromper dados arquivados. Caso escolha essa forma de armazenamento, a recomendação é que tenha mais de uma cópia.

Nuvem: a principal vantagem de armazenar informações na nuvem é que é possível acessá-las de qualquer lugar. No entanto, é importante considerar as políticas de uso do serviço escolhido e os sistemas de proteção utilizados pelas plataformas.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa matéria.

Fonte: Olhar Digital

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: