Leitores de impressão digital melhoram segurança do Android

nexusSegurança digital não é um tema agradável, e a maioria das pessoas não querem saber dele até o momento que já é tarde demais, infelizmente. Senhas são, de forma unânime, uma forma de proteção ao mesmo tempo fraca e desagradável. A boa notícia é que o Google percebeu que, ao menos no Android, as coisas estão mudando.

Os leitores de impressões digitais são os “culpados” pela maior adoção de segurança no sistema do Google. A empresa reparou que os aparelhos que apresentam o sensor têm a tela bloqueada com muito mais frequência do que aqueles que não são capazes de ler impressões digitais.

O relatório do Google compara os aparelhos da família Nexus. Os modelos 5x e 6p (de 2015) tem um uso 64% maior de telas de bloqueio do que os modelos 5 e 6 (de 2013 e 2014, respectivamente). Nestes modelos mais recentes, a tela de bloqueio está ativada em 91% dos casos.

O detalhe, discretamente incluído no documento que analisa a segurança do Android em 2015 mostra que, se as ferramentas forem simples, o público está disposto a se proteger. Bloquear a tela do celular é a medida mais básica de segurança do dispositivo que pode ser tomada, e todos deveriam fazê-lo, mas as senhas, padrões e PINs ainda deixavam muitos ressabiados em relação ao custo e benefício de ter que destravar o aparelho a cada vez que querem abrir um aplicativo. O leitor de impressão digital, felizmente, elimina boa parte do atrito neste processo, incentivando as pessoas a cuidar melhor de suas informações.

O relatório fala apenas dos aparelhos Nexus, mas essa é uma tendência global entre praticamente todas as fabricantes de celular, inclusive da Apple, que nada tem a ver com o Android. Sony, Samsung, Xiaomi, Huawei, LG, são exemplos de empresas que já têm o leitor. A Motorola ainda não tem, mas terá. A Microsoft tem um leitor de íris, que é diferente, mas tem a mesma essência.

O problema estão nos tablets Android. Como nota o Android Central, poucos modelos têm o suporte para reconhecimento biométrico, incluindo os próprios dispositivos do Google, como o Nexus 9 e o Pixel C.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Olhar Digital

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: