Smartphones com Android ameaçam tomar conta do mercado

AndroidOs números de market share que levam em conta os primeiros quatro meses deste ano não são nada bons para a Apple. Os dados mostram que o Android apresentou crescimento significativo nos EUA, Europa e China, territórios até então dominados pelo iOS. Nas cinco maiores potências da Europa, a situação não foi muito diferente: no Reino Unido, na França, na Alemanha, na Itália e na Espanha, o sistema móvel do Google chegou a 75,6%, um aumento da fatia de mercado de 7,1% se comparado ao mesmo período de 2015.

A presença do Android também cresceu nos EUA, onde o sistema teve aumento de 7,3% no mercado do país norte-americano e, agora, conta com 65,5% de market share. Na China, os smartphones com Android tomam conta de 77% do mercado, um aumento de 6% se comparado ao mesmo período do ano passado. Nos EUA, um dos responsáveis pelo crescimento da fatia de mercado do Android foi o Galaxy S7 — o novo topo de linha da Samsung conseguiu conquistar novos usuários no mercado dos Estados Unidos.

Todos esses números refletem a dificuldade da Apple em competir de igual para igual com os smartphones de baixo custo. Ao contrário do iPhone, as novas marcas chinesas conseguem lançar bons aparelhos no mercado mantendo o preço baixo. “Este é o crescimento mais forte do Android na Europa em mais de dois anos. Esse aumento não é representado só por uma ou duas marcas, mas por diferentes empresas, variando de região para região”, declarou a analista de mobile da empresa responsável pela pesquisa, Lauren Guenveur.

Guenveur destacou ainda que, “apesar de estar disponível para compra por apenas algumas semanas no período da pesquisa, o Samsung Galaxy S7 já é o quinto dispositivo mais vendido levando em conta os três primeiros meses de 2016, capturando 4,2% das vendas. O Galaxy S6 também continua indo bem, já que teve seu preço reduzido antes do lançamento do S7.

” A fatia de mercado do Android só pode ser afetada se a demanda pelo novo iPhone SE for alta. O volume de vendas do iPhone de baixo custo da Apple será importante na China, onde os aparelhos com configurações medianas e preços mais baixos dominam o mercado. Os próximos quatro meses serão decisivos para mostrar se a Apple vai conseguir reverter o crescimento de mercado do Android ou não.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Canaltech

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: