Dispositivo transforma rede Wi-Fi doméstica em alarme residencial

wifialarmCriado pela Agência Grey Brasil, ferramenta usa rede Wi-Fi da casa para estabelecer alarme. Sistema é gerenciado por meio de app

Depois de cruzar dados do IBGE de residências e pequenos negócios que contam com algum tipo de sistema de segurança (4,9%) com a quantidade de imóveis que possuem sinal próprio de wi-fi (66%), a agência Grey Brasil viu a possibilidade de oferecer uma tecnologia que pudesse diminuir tal disparidade.

A partir daí surgiu o Wifialarm, uma ferramenta que transforma o sinal de rede de internet em um alarme de segurança, este gerenciado por um aplicativo. O projeto foi pensado, inicialmente, para um dos principais clientes da agência, uma seguradora.

“Pensamos em sair do ambiente normal de uma seguradora para tentar encontrar soluções que agreguem valor ao serviço e não oferecer apenas o seguro em si”, explica Márcia Esteves, COO da Grey Brasil.

O Wifialarm integra também uma recente mudança de cultura da agência de publicidade que possui presença global. No início deste ano, a Grey oficializou a compra da empresa digital ArcTouch. Criada em 2008 e com base nos Estados Unidos, a ArcTouch vinha desenvolvendo apps e outras experiências digitais para grandes companhias.

Na ocasião do anúncio, Michael Houston, CEO da Grey North America, indicou que a compra representava um grande passo para a expansão das habilidades digitais da agência, entre elas a expectativa de criar experiências customizadas para smartphones, wearables, TVs, casas e carros.

Wi-fi otimizado

Tendo em mente que a maioria das residências e negócios já contam com um roteador de Wi-Fi, a Grey prevê que o Wifialarm possa contribuir para a segurança dos mesmos de uma forma acessível.

O sinal de Internet é uma onda de alta frequência que percorre o ambiente e consegue atravessar paredes. Quando ocorre algum movimento, o padrão dessa frequência muda, o que torna a tecnologia uma base eficiente para um detector de movimentos.

O funcionamento do dispositivo exige apenas um sinal wi-fi e um smartphone. Uma vez que estiverem sincronizados, a ferramenta cria uma linha de visão com o roteador, detectando assim qualquer movimento que aconteça entre os dois pontos. O dispositivo se mostrou eficiente em distâncias de até 12 metros, porém consegue aumentar sua área de proteção com repetidores de sinal Wi-Fi.

Caso o Wifialarm identifique movimentos fora da rotina, algo que pode indicar a presença de um possível invasor, o aparelho dispara um aviso para o celular do proprietário, junto a um número de emergência, definido por ele ao instalar o equipamento. Além disso, ele pode ser configurado para emitir um alarme sonoro.

Márcia Esteves acredita que o grande destaque da tecnologia é sua acessibilidade: “O fato de criarmos uma tecnologia que as pessoas gostariam de ter a partir de algo que elas já têm faz do Wifialarm uma solução que, apesar de super tecnológica, é extremamente simples e acessível”.

Segundo a empresa, o Wifialarm se encontra em versão beta e está disponível para cadastro para pré-venda. Interessados podem fazê-lo neste site. O dispositivo custará, inicialmente, R$ 299 e a expectativa é que as primeiras unidades sejam entregues no quarto trimestre.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: IDG Now!

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: