McAfee está de volta

intel-mcafeeDepois de ter sido comprada em 2010 pela Intel por US$ 7,68 bilhões, e ser renomeada como Intel Security em 2014, a McAfee retomou seu antigo nome e está de volta ao mercado de forma independente, por conta de uma operação financeira montada pela Intel com o grupo de investimento TGP.

No último 07/09, a Intel anunciou a criação de uma joint venture com o TGP envolvendo a Intel Security. Por meio de uma operação chamada “spin out”, a subsidiária será convertida em joint venture e rebatizada de McAfee, ficando 49% de participação para a Intel e 51% para o TGP, que investirá US$ 1,1 bilhão na nova operação.

Em uma declaração conjunta para o mercado, as empresas disseram que o investimento será usado para ajudar a joint venture a ganhar corpo como uma empresa independente e direcionar seu crescimento.

Valor de US$ 4,2 bilhões

O spin out depende ainda de aprovação dos órgãos regulatórios de mercado e será feito em múltiplas etapas, devendo se completar entre maio e junho de 2017. Por conta do acordo, o valor de mercado da Intel Security foi estimado em US$ 4,2 bilhões, sendo US$ 2,2 bilhões em valor de equity e US$ 2 bilhões em dívidas. Quase a metade do que foi gasto na aquisição da companhia em 2010.

O plano prevê que a Intel continue honrando o pagamento das dívidas até que a auditoria financeira seja completada, o que deverá ocorrer três a cinco meses após o fechamento do acordo. Segundo a Intel, a receita da subsidiária Intel Security cresceu 11% na primeira metade de 2016, com receita de US$ 1,1 bilhão e lucro operacional de US$ 182 milhões (crescimento de 391% sobre 2015).

A nova McAfee terá como CEO Chris Young, que atuava como vice-presidente sênior e diretor geral a Intel Secutity. Young trabalhou antes para a Cisco e VMware. Em carta aberta a investidores e clientes, Young escreve que a empresa está decidida “a cumprir os roadmaps de produtos”, e que a nova parceria e status corporativo “permitem investir mais e executar ainda mais rápido em favor dos clientes”.

Segundo Young, a joint venture será “ágil, focada e independente”, com a meta de ajudar as empresas a “detectar e responder mais ameaças ainda mais rápido e com menos recursos.”

Quando comprou a McAfee, em 2010, a Intel incorporou alguns recursos de segurança em seus chips dedicados e comercializou seus produtos e soluções proteção de dados através da Intel Security, mantendo a empresa no topo do ranking de sua categoria, abocanhando o segundo lugar em market share, segundo o Gartner, abaixo da Symantec e acima da Trend Micro.

O portfólio da empresa inclui produtos para segurança de rede, gerenciamento, banco de dados, segurança de servidores e web e produtos para criptografia de dados.

Fonte: IDGNow!

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: