Evernote volta atrás e desiste de mudança grave

evernote

O Evernote publicou nos últimos dias uma mensagem no Twitter dizendo que iria modificar a sua Política de Privacidade. Evidentemente o público não gostou muito dessas alterações que aconteceriam em janeiro, por isso a empresa voltou atrás na decisão.

Em uma mensagem publicada pela companhia em seu blog oficial, ela explicou os motivos que a levaram a mudar esse posicionamento, e que nenhum funcionário vai ler o conteúdo das notas como parte de seu processo de aprendizado – isso só vai acontecer caso o usuário concorde com tal ação.

Após ouvir as opiniões dos consumidores expressando suas preocupações com a nossas mudanças na Política de Privacidade nos últimos dias, [a] Evernote está reafirmando o seu compromisso de manter a privacidade no centro de tudo que faz. Como resultado, nós não vamos implementar a Política de Privacidade anunciada anteriormente e que estava agendada para entrar em vigor a partir de 23 de janeiro de 2017.

Em vez disso, nos próximos meses nós vamos rever a nossa Política de Privacidade existente para que ela represente as preocupações dos usuários, reforçar que suas informações permanecem privadas por padrão e confirmar que a confiança que eles depositaram na Evernote está amparada. Adicionalmente, vamos deixar as tecnologias de aprendizado disponíveis para os nossos usuários, mas nenhum funcionário vai ler o conteúdo da anotação como parte deste processo a menos que você permita isso. Convidamos os nossos usuários a nos ajudarem a criar um produto melhor participando do programa.

Em uma mensagem publicada no Twitter, a Evernote reforçou esse comprometimento com a confiança conquistada, e que às vezes é preciso “ser transparente e admitir os tropeços”.
Trust is at the heart of our service. That means we need to be transparent and admit our missteps. https://t.co/Fa61KPERNR
— Evernote (@evernote) 16 de dezembro de 2016

Fonte: Tecmundo e Evernote

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: