Windows 7 ainda com 41% de usuários mundo afora

Parece que a normalidade voltou ao Windows em maio. Segundo a Net Applications, o Windows 7 viu sua base de usuários cair 1,8 ponto percentual no mês passado, o que deixou a plataforma com uma presença em 41,8% de todos os computadores do mundo – e em 47,3% nos PCs Windows.

Essa queda em maio foi a maior do Windows 7 em quase dois anos, com exceção de um número no final de 2017 quando a empresa de pesquisas retirou tráfego de bots criminosos dos seus dados.

A mudança de maio em relação aos meses anteriores foi dramática: em março e e abril, o Windows 7 ganhou terreno, exatamente o oposto do que a Microsoft quer ver à medida que tenta fazer com que mais e mais gente troque o Windows 7 pelo Windows 10.

Enquanto isso, o Windows 10 aumentou sua participação no mercado, com um crescimento de 0,9 ponto percentual em maio, fechando o mês com uma presença em 34,7% de todos os computadores – e em 39,3% de todos os PCs Windows. Isso também foi em contraste com os resultados dos meses anteriores, quando o sistema lançado em 2015 viu sua base de usuários cair em 0,8 ponto percentual.

As notícias podem ter sido boas para a Microsoft em maio, mas o quadro geral ainda é instável a longo prazo. Com uma previsão feita com base nos últimos 12 meses do Windows, a Computerworld dos EUA estima que o Windows 7 responderá por quase 35% de todas as versões do Windows em janeiro de 2020, quando o sistema lançado em 2009 será oficialmente aposentado. Nesta época, o Windows 10 deverá estar em 57% dos PCs Windows.

A mais recente tendência também mostra onde os sistemas estarão no final de 2018, apenas 12 meses antes da aposentadoria do Windows 7. Neste momento, o Windows 10 deverá estar em 45,6% de todas as máquinas Windows contra 43,2% do Windows 7.

Além disso, os dados da Net Applications mostram que o Windows 8 e Windows 8.1 combinados permaneceram estáveis em maio, com presença em 6,5% dos PCs – e em 7,3% dos PCs rodando Windows.

Fonte: IDGNow!

5 Responses to Windows 7 ainda com 415 de usuários mundo afora

  1. Matheus says:

    Emsisoft sendo derrotado por Payload do Windows Powershell:


    13/06/2018

    Emsisoft no Nível Máximo sendo destruído por Ransomware:


    12/03/2018

    Inclusive o Bypass do Powershell confirma o que a Cruelsister havia dito no vídeo abaixo:

    “The issue with security products that rely on definitions and Behavior Blockers should be intuitively obvious-the traditional definition based AV can never detect a true zero-day malware file, and malware that act by co-opting legitimate System Processes with be ignored by a Behavior Blocker.”

    “O problema com softwares de segurança que dependem de definições e Bloqueador Comportamental deveria ser intuitivamente óbvio-O tradicional Antivírus baseado em definições nunca consegue detectar uma ameaça zero-day, e malwares que agem cooptando processos legítimos do sistema são ignorados pelo Bloqueador Comportamental”.

    • Matheus says:

      Três vídeos de testadores diferentes ilustrando a realidade por trás da situação… Pra quem acusa softwares da Comodo de ser “meia-boca” só pra defender esse tipo de situação vista acima. Lamentável.

    • Matheus says:

      Amigos Celso, Rodrigo, Igor, Henrique – RJ, Gustavo e demais… Alguém vivo aí? Caso afirmativo deem um alô…

  2. Matheus says:

    Parece que alguns conseguiram aquilo o que pretendiam, ficavam agourando e invejando o trabalho alheio só porque já não conseguiam mais fazer os outros engolirem os ideais errôneos que eles tentavam propagar, agora o Blog virou um local silencioso…

    Vejam aqui uma declaração da ESET, que afirmaram “We dont perform behavior blocking”.
    Segundo o usuário @Cyberhash do fórum da ESET disse, o Emsisoft não supera o ESET em detecção e ainda causa grande número de falsos positivos e requer muita interação dos usuários para prevenir infecção. Como fonte ele citou o resultado do AV-Comparatives do fim de 2017.
    Se Behavior Blocking fosse “superior a um HIPS” como afirmam, o ESET teria sempre resultados ruins nos testes, já que não tem Behavior Blocker. Não é o que acontece. E o ESET contém HIPS, inclusive é um dos melhores de acordo com a Matousec.
    Confiram: forum.eset.com/topic/14198-we-dont-perform-behavior-blocking/

    Essa gente por inveja do trabalho do amigo Celso, das informações e dicas trazidas pelo Rodrigo e por mim, fizeram uma “cruzada” tentando silenciar o Blog a todo custo, usando até fakes para isso, e conseguiram…

    • Matheus says:

      Se a própria ESET afirmou “We dont perform behavior blocking” e isso porque eles tem um HIPS, vamos mesmo jogar fora a palavra dos especialistas da ESET, para acreditar em alguém que usou de nome fake? …

%d blogueiros gostam disto: