Apple retira de sua loja apps de segurança

integovirusbarrier-800x481A Apple removeu de sua App Store uma série de aplicativos antivírus e anti-malware. Embora a empresa não tenha lançado uma declaração oficial, aplicativos que prometem escanear o iPhone em busca de vírus e consertar eventuais problemas estão sendo removidos da loja de aplicativos da empresa.

A suposta finalidade dessa medida, segundo o site MacRumors, seria evitar dar aos usuários a impressão de que o sistema operacional dos dispositívos é vulnerável a vírus e malwares.

Um dos aplicativos afetados pela medida foi o VirusBarrier iOS, da Intego. De acordo com Jeff Erwin, CEO da Intego, a empresa considerou a descrição do aplicativo na App Store “enganadora”. Após reescrever a descrição do aplicativo na loja e solicitar uma revisão da decisão da Apple, Erwin ficou sabendo que a ação da empresa era de escala maior.

Mesmo levando seu pedido “até o nível executivo” da Apple, o aplicativo da Intego não pôde voltar à loja. segundo a Intego, o VirusBarrier iOS continuará a receber atualizações, mas elas não poderão ser baixadas pela App Store.

Embora não esteja claro quando a remoção de tais aplicativos começou ou quantos já foram afetados, uma busca na loja da Apple por “antivirus” retorna como resultados, majoritariamente, jogos, aplicativos de privacidade e aplicativos que ajudam a encontrar seu telefone caso ele seja perdido.

Opinião do seu micro seguro: não existe sistema inexpugnável! Essa é uma máxima repetida pela quase totalidade dos especialistas em segurança digital. Na minha opinião a decisão tomada pela Apple é equivocada e pode vir a ser interpretada pelos cibercriminosos como um recado de que o iOS é um sistema que baseia sua proteção apenas no controle de aplicativos disponibilizados na Apple Store, deixando a navegação e todas as demais formas de interação com a rede utilizadas pelos seus usuários a mercê das mais variadas modalidades de ataques virtuais.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Olhar Digital