Intel e o futuro: computador do tamanho de um cartão

inter_card_pcCada vez mais os computadores expandem suas funções e diminuem seu tamanho. A CES, famosa feira de tecnologia americana, é conhecida por ser o palco de lançamentos que revolucionam o modo como a sociedade lida com tecnologia. Este ano, um desses lançamentos, foi o Computer Card criado pela Intel.

O protótipo anunciado pela empresa promete ser tão pequeno que caberá no bolso e chegará com processadores equivalentes aos dos Macbooks.

Além disso, a novidade promete acompanhar Wi-Fi, Bluetooth e espaço para armazenamento de dados. O único problema é que pelo seu tamanho não há espaço para abrigar entradas HDMI e USB.

Segundo a Intel existem projetos da HP, Dell, Lenovo e Sharp para que produtos destas marcas ofereçam slots compatíveis com o Computer Card. A ideia é que no futuro o dispositivo seja usado para fazer upgrades em notebooks e aparelhos semelhantes.

Fontes: Exame e AdNews

Visa vai rastrear clientes pelo smartphone para evitar fraudes

visa_cardOs bancos costumam bloquear o uso de seus cartões quando o usuário está no exterior para evitar fraudes. Isso protege tanto quanto irrita, porque quem se esquece de avisar a empresa de que viajará pode passar apuros quando descobre que está sem crédito.

A Visa anunciou a oferta de uma tecnologia para bancos que permite acompanhar a localização dos clientes através de seus smartphones para evitar essa situação. A partir de abril, a empresa disponibilizará um aplicativo que fará um monitoramento constante para saber se o cartão, quando usado, está junto com o dono.

Como no exterior as pessoas geralmente não passam o tempo todo conectadas, a Visa explica que basta acessar a internet via Wi-Fi de vez em quando para que o aplicativo descubra a sua localização.

Para aqueles que estão preocupados com privacidade, vale ressaltar que a novidade é totalmente opcional. Mas é bom lembrar também que as empresas já acompanham a localização dos clientes através do uso dos cartões.

O sistema entrará em funcionamento primeiro nos Estados Unidos e ainda não há informações sobre possibilidade de expansão.

Fonte: Olhar Digital