Bateria do seu Android acabando muito rápido? Um app pode ser o culpado

Alguma vez você já notou que seu smartphone Android está agindo de forma estranha? Bateria sendo consumida muito rapidamente, mensagens de consumo de dados repentinas e até aquecimento enquanto ocioso? Se sim, não se desespere. Isso não é (necessariamente) ação do tempo no seu aparelho, mas sim uma espécie de malware — e a Play Store está repleta deles.

Segundo uma pesquisa feita por profissionais da Oracle Data Cloud, os aplicativos com esses “efeitos colaterais” — que já somam mais de 10 milhões de downloads — são de várias áreas, desde games mobile a produtos de beleza. Funciona assim: após instalados, os apps começam a consumir seus dados móveis fazendo download de propagandas em vídeo e as executam em segundo plano, de forma que o usuário nunca fosse notar sua presença (senão pelo impacto no desempenho).

Apelidado de DrainerBot, a prática é consideravelmente rentável para os desenvolvedores mal intencionados. Mas, para o usuário, são gastos cerca de 10 GB de dados por mês.

De todos os aplicativos que possuem DrainerBot foram divulgados apenas cinco: Perfect365, VertexClub, Draw Clash of Clans, Touch ‘n’ Beat – Cinema e Solitaire: 4 Seasons. Atualmente somente o último citado está disponível na Play Store, visto que os demais já foram removidos pela Google.

Quem é o culpado?

O responsável pela distribuição do DrainerBot é uma desenvolvedora chamada Tapcore, localizada na Holanda. Seu objetivo é ajudar desenvolvedores a capitalizar versões piratas de apps. A página da empresa não oferece nenhum meio para contato, tampouco respondeu aos tweets em busca de esclarecimentos.

Contudo, logo após a matéria do site Ars Technica ir ao ar, Tapcore negou sua participação intencional na fraude: “Logo quando tomamos conhecimento sobre o esquema de fraude do DrainerBot, começamos uma investigação. Tapcore está pronta para cooperar com todos os interesses e exibir todo o resultado da nossa procura.”.

Como saber se fui infectado?

Fora os sintomas notados naturalmente (como consumo de bateria, aquecimento exagerado e lentidão), você pode identificar o que está consumindo dados de forma suspeita no seu smartphone.

No Android 9, acesse Configurações > Rede e Internet > Uso de Dados > Uso de dados por aplicativos. Os aplicativos que possuem DrainerBot certamente estarão no topo da lista.

Fonte: Tecmundo

Encontrado o suspeito pela falha da atualização do Windows

updateerror

A falha na atualização de segurança KB2823324 que inutilizou computadores com Windows 7 pode ter sido causada por um problema de incompatibilidade com o plug-in G-Buster. O software é utilizado para transações de internet banking no Brasil.

Os testes da Linha Defensiva apontam para esta direção. A página fez três testes: no primeiro, sem nenhum plug-in instalado e com a atualização, o computador funcionou normalmente. No segundo, com plug-in e com a atualização, o PC não iniciou. Já no terceiro, foi instalado o plug-in depois da atualização, e o Windows novamente não funcionou.

Os resultados dos testes combinam com a informação divulgada pela Microsoft na quarta-feira, 10, de que a falha estaria restrita ao Brasil. O programa é bastante utilizado pelos bancos nacionais, mas não tem grande aceitação fora do país.

Muitos usuários que relataram ter tido o problema também disseram ter um plug-in bancário no PC. Contudo, uma minoria diz ter tido problemas mesmo sem nenhum software para internet banking instalado.

O site também afirma que, apesar de seus testes indicarem que o G-Buster tem, de fato, influência direta no travamento do Windows, mas pode não ser a única causa do problema.

Agradeço ao Lucas, amigo e colaborador do Seu micro seguro, pela referência a esta notícia.

Fonte: Olhar Digital