Quer economizar 20% da bateria do seu Android? Basta deletar este app

bateriaSe você está sofrendo com a duração da bateria do seu smartphone, talvez tenha acessado esta notícia com muita esperança. Pois felizmente, estamos falando de um aplicativo que realmente garante um aumento na autonomia  e que pode ser desinstalado por qualquer pessoa. Isso mesmo: não se trata de um app de sistema ou que dependa de root para a exclusão.

Infelizmente, nem todo mundo vai querer pagar o preço que isso vai cobrar. De acordo com vários veículos da imprensa internacional e também usuários que publicaram seus resultados em fóruns, uma forma bem simples de aumentar a autonomia do Android está em excluir o aplicativo oficial do Facebook.

De acordo com muitos dos que fizeram a experiência, além de aumentar a autonomia em cerca de 20%, também foram percebidas algumas melhorias de desempenho e velocidade com o processo. O Metro ainda revela que o Facebook Messenger não influencia tanto quanto o app principal da rede social. Caso você decida fazer a exclusão do aplicativo do Facebook, você pode continuar acessando os feeds e perfis diretamente pelo Google Chrome — ou qualquer outro navegador instalado em seu smartphone.

Fonte: Tecmundo

Novo Chrome para Android promete economizar bateria

chrome_52jpgO navegador do Chrome, do Google, quer ser o melhor amigo do seu smartphone quando o assunto é assistir vídeos no Android.

A gigante diz que a versão 52 do browser fará isso ao tornar mais rápido o carregamento de vídeos, além de fazer com que a reprodução seja mais suave e gaste menos bateria.

O usuário deverá ver menos pausas logo antes do vídeo carregar e sofrer com uma perda menor de bateria enquanto assiste a clipes, afirma o Google.

Se você usa o modo de economia de dados do Chrome, também poderá economia de até 50% no consumo de dados ao carregar versões “peso leve” dos vídeos.

Pelo que parece, há um pouco de compressão no local que troca a qualidade do vídeo por uso de dados.

Como costuma acontecer, o update será liberado diretamente pela Play Store, do Google – os mais apressados podem recorrer ao APK Mirror.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: IDG Now!

Fechar apps no Android pode deixar o sistema mais lento

apps_moveisFechar constantemente aplicativos usados no cotidiano do smartphone com sistema operacional Android pode deixar a operação do aparelho mais lenta, um efeito exatamente oposto ao esperado quando a usuário faz uma limpa nos aplicativos que estão rodando em segundo plano.

Embora seja uma dica famosa para “desafogar” a memória do aparelho, e em alguns casos realmente funciona, o renomado desenvolvedor Oasis Feng, criador do aplicativo Greenify, que promete melhorar a performance de sistemas, explicou no Reddit que o uso de task killers pode causar problemas no uso a longo prazo.

O movimento de swipe para fechar os apps encerra o processo, impedindo que eles sejam armazenados como cache na memória. Assim, é mais demorado para reabri-los, o que faz com que sejam usados mais ciclos de CPU para criar o processo e reiniciar o aplicativo. Assim, isso tende a gastar sua bateria e seu tempo.

Ele, no entanto, explica que os perigos explicados no parágrafo acima valem, principalmente, para aqueles aplicativos que você costuma abrir com mais frequência. Forçar a parada realmente libera memória, portanto é possível fechar os apps que você não costuma usar regularmente.

Caso contrário, fechar apps só causa mais problemas, principalmente se você tiver um aparelho com 2 GB ou mais de memória RAM. Nestes casos, raramente é necessário limpar a memória do aparelho, de modo que há pouco ou nenhum benefício em forçar a parada de aplicativos do celular.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Olhar Digital

Nova extensão para Chrome deixa acesso à internet mais rápido

chromeO Google lançou uma versão para desktops da sua ferramenta de análise e compressão de dados. O serviço funciona por meio de uma extensão do Chrome e ajuda a diminuir o consumo de internet e aumentar a segurança da navegação.

Isso porque o navegador usa os servidores do Google para compactar as páginas que o internauta quiser ver antes de fazer o download. “Páginas no modo anônimo e em SSL não são incluídas”, avisa a empresa.

A ferramenta ainda está em modo beta, mas está disponível plenamente no Android e no iOS através do menu de configurações do Chrome para dispositivos móveis.

Para baixar no desktop, clique aqui.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Olhar Digital