Brasil: sofre com avalanche de ligações de Spam

O Brasil se tornou o país que mais sofre com ligações de spam realizadas por empresas de telemarketing em todo o mundo. Segundo dados da Truecaller, a Índia foi ultrapassada por uma avalanche: o Brasil teve um aumento de 81% nas ligações de spam em 2018.

A Truecaller afirma que as operadoras telefônicas são as maiores “spammers” do Brasil, realizando cerca de 33% das ligações indesejadas. Normalmente, as ligações são feitas no intuito de oferecer pacotes especiais para os clientes.

Os brasileiros receberam 37,5 chamadas de spam mensalmente em média, mais de uma por dia

Quando falamos sobre chamadas de telemarketing, estamos falando de 36% de todas as ligações de spam registradas pela TrueCaller. Um aumento brutal: esse número era de 12% em 2017.

“A tendência mais alarmante que vimos é que houve um aumento de chamadas fraudulentas: aumentando de 1% (ano passado) para 20% este ano! Golpes típicos incluem fraudadores que fingem cobrar dinheiro por motivos ilegítimos, por exemplo, alguém que liga para você e diz que sua eletricidade está prestes a ser desligada e você precisa transferir dinheiro imediatamente; outro golpe de tendência é o golpe de um anel, um número desconhecido (geralmente um número internacional) dá a você uma ligação perdida e quando você liga de volta, você recebe uma alta taxa por ligar para esse número”, comenta a TrueCaller. “Outro grande problema de chamadas de spam que o Brasil está enfrentando são chamadas incômodas (10%). Esses são tipos mais gerais de chamadas indesejadas e não solicitadas que são uma perturbação para os usuários ou, no mínimo, são chamadas de trotes e pior, assédio e falsas chamadas de sequestro”.

De acordo com a empresa, o aplicativo responsável contabilizou que os brasileiros receberam 37,5 chamadas de spam mensalmente em média, mais de uma por dia.

Fonte: Tecmundo

Como bloquear ligações indesejadas e bloquear spam no celular

pesquisa_smartphone_int

Que atire a primeira pedra quem nunca se irritou com spam em seu celular. A prática de enviar mensagens publicitárias é bem mais irritante no mundo dos dispositivos móveis do que nos emails – afinal, hoje em dia, todo provedor consegue filtrar esse tipo de propaganda indevida, colocando todos os conteúdos do gênero em uma pasta específica de seu endereço eletrônico. Nos smartphones, porém, a situação é bem diferente.

Nada pior do que estar em um momento de concentração – seja em uma reunião do trabalho ou coisa do gênero – e ser perturbado com uma chamada telefônica lhe oferecendo um produto que você definitivamente não quer comprar. Pior ainda é acordar no meio da noite com uma notificação de seu gadget, e, ao conferi-la, constatar que se trata de um torpedo SMS enviado por algum remetente desconhecido e também contendo uma peça de marketing.

Embora muita gente desconheça seus direitos em relação ao assunto, a verdade é uma só: há diversas maneiras de contribuir com o fim dessa prática e impedir o recebimento de tais materiais em seu telefone móvel. Basta conferir essas dicas que o TecMundo selecionou para você e dar um adeus definitivo ao spam no celular. Porém, antes de revelarmos os truques, é importante deixar claro aos nossos leitores o que diz a regulamentação nacional sobre spam telefônico.

Entenda a situação

Existem dois tipos de torpedos publicitários que você pode receber em seu celular: os oficiais e os piratas. De acordo com as regras da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os SMS oficiais são aqueles enviados por empresas devidamente homologadas para a prática de marketing telefônico. Ou seja, tais empresas estão protegidas pela lei a enviarem conteúdos para você, mas elas precisam respeitar normas e horários para isso. É fácil identificar um SMS oficial: o número do remetente possui no mínimo três e no máximo seis dígitos.
Já o spam de verdade (conhecido formalmente como SMS pirata) são as mensagens com conteúdo irrelevante e não-autorizado, enviados a qualquer dia e horário, e que não são homologados pela Anatel para praticar tal ato. Você também pode identificá-los por seu número: eles possuem um DDD (por exemplo, 11 para São Paulo) e oito a nove dígitos, como um celular ou telefone fixo convencional. Isso acontece justamente porque essas as empresas piratas (às vezes chamadas de “chipeiras” usam chips comuns destinados às pessoas físicas.

Denunciando torpedos piratas

Em cooperação com a Anatel e com a Mobile Entertainment Forum (MEF), todas as operadoras de telefonia móvel do Brasil – Oi, Vivo, Claro e TIM – dispõem de um canal universal que lhe permite denunciar números utilizados para o envio de SMS pirata. Ou seja, não há uma forma definitiva de bloquear tais conteúdos de seu celular, mas você pode contribuir para diminuir sua intensidade. Para isso, basta encaminhar o spam recebido para o número 7726. Novamente: não importa qual seja sua operadora, o número é o mesmo.

Em poucos segundos você receberá um torpedo confirmando a denúncia e pedindo que você informe o número completo do remetente que lhe enviou o SMS pirata. Envie o contato completo, com DDI (55) e DDD (no nosso exemplo, 11), descartando traços, parênteses e quaisquer outros símbolos. Uma segunda mensagem deve ser recebida confirmando que as informações foram recebidas com sucesso. A Anatel irá investigar o caso, e, caso constatada a prática de spam, o responsável pela linha será penalizado.

Evitando ligações

procon_bloqueio
O processo para evitar o recebimento de spam via ligação telefônica é bem diferente. Muitas pessoas utilizam aplicativos especiais (como o Truecaller) para bloquear chamadas de marqueteiros, mas isso não é necessário. A forma mais prática e rápida de resolver esse problema é clicar neste link para acessar a ferramenta oficial do PROCON para Bloqueio de Recebimento de Ligações de Telemarketing.

Clique no botão “Bloquear ou Desbloquear Número”, e, na tela seguinte, “Quero cadastrar meu Número de Telefone no Sistema de Bloqueio”. Você precisa preencher um formulário informando dados cadastrais como tipo de pessoa (Física ou Jurídica), nome, CPF (ou CNPJ), RG, e-mail e endereço completo. É possível cadastrar até cinco números de uma só vez, então aproveite e registre todos os seus contatos.

Pronto! A partir de agora, seu número estará listado nesse banco de dados e as empresas de telemarketing teoricamente não poderão mais ligar para você, a menos que esse contato tenha sido solicitado. Vale a pena frisar esse “teoricamente”, pois, como todos nós sabemos, de vez em quando, alguém acaba passando por cima da lei. Caso isso aconteça, visite novamente a ferramenta do PROCON e desta vez clique no botão “Reclamar”. Em seguida, faça seu login e registre sua queixa sobre o ocorrido.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Tecmundo