Spyware disfarçado no mercado de propostas de emprego

Utilizados por milhões de profissionais autônomos em todo o mundo, os sites Fiverr e Freelancer estão sendo usados para distribuir arquivos infectados disfarçados de propostas de emprego. Esses documentos maliciosos contêm keyloggers, programas que registram tudo o que é digitado na máquina com o objetivo de descobrir senhas de banco ou dados de cartões de crédito do usuário.

De acordo com o Malware Hunter Team, o ataque consiste em enviar uma mensagem com uma suposta oferta de trabalho, que estaria detalhada em um documento anexado. Infectadas no momento em que abrem o arquivo, algumas vítimas chegam a perguntar o motivo de não conseguirem ler o conteúdo do documento.

Esses casos mostram como o ataque é elaborado, com o responsável por espalhar o keylogger tirando dúvidas e até mesmo pedindo para que as pessoas abram o documento em um notebook ou desktop para garantir a infecção.

Para diminuir as chances de que algo do tipo aconteça com você, é importante lembrar sempre de usar o antivírus para analisar arquivos recebidos de fontes suspeitas ou de pessoas que você não conhece.

Fonte: Tecmundo

Smartphones com Android ameaçam tomar conta do mercado

AndroidOs números de market share que levam em conta os primeiros quatro meses deste ano não são nada bons para a Apple. Os dados mostram que o Android apresentou crescimento significativo nos EUA, Europa e China, territórios até então dominados pelo iOS. Nas cinco maiores potências da Europa, a situação não foi muito diferente: no Reino Unido, na França, na Alemanha, na Itália e na Espanha, o sistema móvel do Google chegou a 75,6%, um aumento da fatia de mercado de 7,1% se comparado ao mesmo período de 2015.

A presença do Android também cresceu nos EUA, onde o sistema teve aumento de 7,3% no mercado do país norte-americano e, agora, conta com 65,5% de market share. Na China, os smartphones com Android tomam conta de 77% do mercado, um aumento de 6% se comparado ao mesmo período do ano passado. Nos EUA, um dos responsáveis pelo crescimento da fatia de mercado do Android foi o Galaxy S7 — o novo topo de linha da Samsung conseguiu conquistar novos usuários no mercado dos Estados Unidos.

Todos esses números refletem a dificuldade da Apple em competir de igual para igual com os smartphones de baixo custo. Ao contrário do iPhone, as novas marcas chinesas conseguem lançar bons aparelhos no mercado mantendo o preço baixo. “Este é o crescimento mais forte do Android na Europa em mais de dois anos. Esse aumento não é representado só por uma ou duas marcas, mas por diferentes empresas, variando de região para região”, declarou a analista de mobile da empresa responsável pela pesquisa, Lauren Guenveur.

Guenveur destacou ainda que, “apesar de estar disponível para compra por apenas algumas semanas no período da pesquisa, o Samsung Galaxy S7 já é o quinto dispositivo mais vendido levando em conta os três primeiros meses de 2016, capturando 4,2% das vendas. O Galaxy S6 também continua indo bem, já que teve seu preço reduzido antes do lançamento do S7.

” A fatia de mercado do Android só pode ser afetada se a demanda pelo novo iPhone SE for alta. O volume de vendas do iPhone de baixo custo da Apple será importante na China, onde os aparelhos com configurações medianas e preços mais baixos dominam o mercado. Os próximos quatro meses serão decisivos para mostrar se a Apple vai conseguir reverter o crescimento de mercado do Android ou não.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Canaltech

Windows 7 diminui presença no mercado

win_marketAntes do lançamento do Windows 10, o Windows 7 marcava presença em 60% do mercado, em junho de 2015. A versão do sistema operacional começou este ano com presença de 52, 47%, mas hoje registrou 48,27%.

Mesmo com a queda e com o possível crescimento do Windows 10, o Windows 7 deve permanecer sendo o sistema operacional mais popular, chegando a ultrapassar o XP em setembro de 2012.

Hoje, o Windows Vista marca presença em 1,4% e o Windows XP em 9,66% e vale lembrar que o Windows 10 não conta com atualização gratuita para estes sistemas. Acredita-se que a presença do XP tende a diminuir ainda mais, uma vez que a Microsoft encerrou suporte ao sistema em abril de 2014.

No geral dos sistemas operacionais, o Windows teve uma queda e registrou 89,23%, enquanto o Mac OS X teve um aumento, ficando em 9,2% de presença, assim como o Linux, que marcou 1,56%.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Olhar Digital

Internet Explorer perde a liderança para o Chrome

browser-usage-april-2016O Internet Explorer, da Microsoft, não é mais o browser mais utilizado do mundo. Pela primeira vez nos últimos anos o navegador perdeu a liderança no setor para o do Google.

De acordo com dados da Net Marketsare, em abril de 2016 o Google Chrome atingiu 41,6% do mercado, enquanto o IE correspondia a 41,3%.

Apesar de a margem ser pequena, ela representa uma vitória para o Google.

Firefox, Safari e Opera ocuparam a 3ª, 4ª e 5ª posição, com participação no mercado de 9,7%, 4,9% e 1,8%, respectivamente.

A pesquisa mediu os dados de 40 mil sites do mundo todo para atingir os resultados, que não incluem a utilização do Microsoft Edge, novo navegador da Microsoft.

Agradecemos ao Davi, colaborador amigo do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fontes: Olhar Digital e ubergizmo

Chrome conquista 2º lugar na preferência dos Internautas

ChromeNavegador da Google fica em segundo lugar no ranking da Net Aplications

Firefox em queda tem agora 15,1% da base instalada. Microsoft IE está em primeiro com 58%.

O Chrome, browser de internet da Google, quebrou a barreira de 20% de participação de base instalada pela primeira vez em julho, segundo dados publicados nos últimos dias, pela empresa de métricas de web Net Applications.

A fatia de 20,4% de instalações para o Chrome coloca o browser solidamente no segundo lugar no ranking. Como nesse jogo o sucesso de um é a queda do outro, o perdedor é o browser Firefox, da Mozilla, que com 15,1% das instalações assumiu em julho o terceiro lugar com a menor taxa de participação de mercado desde outubro de 2007, um ano antes do lançamento do Chrome. Nos últimos três meses, o Firefox caiu pelo menos dois pontos percentuais de participação.

Em primeiro lugar no ranking fica o Internet Explorer (IE) da Microsoft, com 58% das instalações. O Safari, da Apple, está em quarto lugar, bem longe, com 5,2% de participação e o Opera na rabeira com 1%.

Agradeço ao Davi, amigo e colaborador do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: IDG Now!

Android lidera mercado mundial de smartphones com 85% de participação

android_liderO domínio do Google no mercado de smartphones atingiu um novo patamar, com o Android atingindo recorde de participação dos embarques globais de smartphones, com 84,6% de share de acordo com pesquisa realizada pela Strategy Analytics.

O crescimento do mercado de smartphones Android durante o segundo trimestre reduziu um pouco as fatias do BlackBerry, dos iPhones e dos Windows Phone, da Microsoft.

O Android est’a em 249,6 milhões smartphones embarcados no segundo trimestre, cerca de sete vezes mais do que os 35,2 milhões de iPhones entregues ao mercado. A participação dos smartphones iOS caiu para 11,9% no trimestre. Era de 13,4% no mesmo período do ano passado.

“O crescimento mundial do Android está sendo impulsionado pela forte demanda por smartphones de baixo custo em todas as grandes regiões, como a China, Índia e África”, disse Neil Mawston, diretor executivo da Strategy Analytics.

“Só o lançamento de iPhones com telas de mais de 5 polegadas nos próximos meses pode ameaçar o crescimento futuro do Android”, explica o analista. “Milhões de usuários do Android em todo o mundo provavelmente irão comprar iPhones de tela grande ainda este ano”, afirma Mawston.

Os Embarques globais de smartphones cresceram 27% no trimestre, para 295,2 milhões de unidades, contra 233 milhões em igual período de 2013. Embora esse índice de crescimento anual tenha sido o mais baixo em cinco anos, houve forte crescimento na Ásia e na África e um crescimento mais fraco na América do Norte e na Europa.

A última contagem de embarques ficou em linha com os números divulgados nesta terça-feira pela IDC, que aponta queda na participação de mercado da líder Samsung, de 32,3% no segundo trimestre de 2013 para 25,2% no segundo trimestre deste ano.

De acordo com a Strategy Analytics, a Xiaomi tornou-se o quinto maior fornecedor de smartphones do mundo no segundo trimestre deste ano, catapultada para os cinco primeiros lugares pela primeira vez pelo sucesso dos seus produtos no mercado doméstico da China. A empresa chinesa conseguiu um recorde de 5,1% da quota de mercado mundial de smartphones, muito acima dos 1,8% que detinha há um ano atrás. Isto coloca-a um pouco atrás das rivais chinesas Huawei Technologies e Lenovo, que ficaram em terceiro e quarto lugar, respectivamente. A IDC tinha colocado a LG como quinta empresa a nível mundial no mercado dos smartphones.

A projeção da Strategy Analytics é a de que o número de usuários de smartphones em todo o mundo se aproxime de 2,5 bilhões até o final de 2015, impulsionado por um forte crescimento na Ásia Oriental.

Agradeço ao Davi, amigo e colaborador do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: IDG Now!

Internet Explorer lidera o mercado

IE_lider

O Internet Explorer, da Microsoft, é o navegador mais utilizado no mundo, com 58,3% dos usuários, segundo pesquisa do rastreador Web Net Aplications. Em segundo lugar vem o Google Chrome, com 19,3%, deixando o Mozilla Firefox em terceiro, com 15,5%. Outros browsers somam 22,4%.

O navegador do Google vem ganhando espaço em relação ao Firefox há algum tempo. Entre maio e junho, tirou cerca de 1% de diferença. Já o IE segue na frente com folga. Entre suas versões, a 8 aparece na liderança, com 21,2%, seguida da 11, com 17%.

Agradeço ao Davi, amigo e colaborador do seu micro seguro, pela referência a essa notícia.

Fonte: Olhar Digital e CNET